Indicadores FJP

Estatísticas da Educação de Minas Gerais: IDEB e SAEB

Apresentação

A partir de 2007, o Instituto Nacional de Estudos de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), orgão do Ministério da Educação (MEC), criou o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) como indicador para avaliar a qualidade da educação no Brasil. Na sua metodologia de cálculo, o Ideb combina informações da pontuação média dos estudantes em exames padronizados ao final de determinada etapa da educação básica com as informações sobre o rendimento escolar, mais especificamente com a taxa média de aprovação dos estudantes na correspondente etapa de ensino. Ele é calculado bianualmente para os anos iniciais do ensino fundamental, anos finais do ensino fundamental e para o ensino médio. O Ideb é importante porque sintetiza em um único indicador duas dimensões importante da qualidade da educação, o aprendizado e o fluxo escolar.

Entre 2015 e 2017, Minas Gerais apresentou elevação do Ideb nos anos inciais do ensino fundamental e no ensino médio. No primeiro caso, o Ideb passou de 6,3 para 6,5. No ensino médio, de 3,7 em 2015 para 3,9 em 2017. Já nos anos finais do ensino fundamental, ocorreu pequena queda, passando de 4,8 em 2015 para 4,7 em 2017. Esta queda se deve à piora das taxas de aprovação nesta etapa de ensino, já que o indicador de qualidade da educação apresentou melhora neste período.

Saiba Mais Base de Dados

Publicado em: 19 de setembro de 2018
Próxima divulgação: -

IDEB

A evolução do Ideb em Minas Gerais, para todas as redes de ensino, mostra que nos anos iniciais do ensino fundamental ocorreu uma melhora mais acentuada entre os anos de 2007 e 2011, porém, esse crescimento foi arrefecido a partir de 2011, o que já era esperado, tendo em vista que desde 2009 o Estado tem ultrapassado a meta estabelecida pelo Inep. Nos anos finais do ensino fundamental, observa-se um crescimento até 2013. Entre 2015 e 2017, o Estado apresentou pequena queda no Ideb, passando de 4,8 em 2015 para 4,7 em 2017. No caso do ensino médio, os resultados apontam para a sua estagnação entre o período analisado, porém, entre os anos de 2015 e 2017 ocorreu uma melhora, passando de 3,7 para 3,9.

Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)
Minas Gerais - 2005-2017

Fonte: MEC/Inep.
Nos anos iniciais, a meta para 2017, estabelecida pelo INEP, foi alcançada em todas as redes de ensino. Já nos anos finais e no ensino médio, nenhuma rede de ensino alcançou a meta de 2017.

Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) por nível e redes de ensino
Minas Gerais - 2017

Fonte: MEC/Inep

IDEB do ensino fundamental anos inciais - Todas as redes de ensino
Unidades da Federação - 2015-2017

Fonte: MEC/Inep

IDEB do ensino fundamental anos finais - Todas as redes de ensino
Unidades da Federação - 2015-2017

Fonte: MEC/Inep

IDEB do ensino médio - Todas as redes de ensino
Unidades da Federação - 2015-2017

Fonte: MEC/Inep

Indicador de Rendimento (P) e Nota Média Padronizada (N)

O indicador de rendimento (P) é um dos componentes do Ideb que mede o rendimento escolar que interfere diretamente no fluxo escolar dos alunos entre as séries de cada etapa de ensino. Ele é a média harmônica das taxas de aprovação das séries em cada etapa de ensino, calculadas com os dados do censo escolar, que varia de 0 a 1.

Indicador de Rendimento (P)
Minas Gerais - 2005-2017

Fonte: MEC/Inep
A Nota Média Padronizada (N) é o outro componente do Ideb, que mede a qualidade da educação nas três etapas de ensino. Ela é a média da proficiência em Língua Portuguesa e Matemática obtida pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), padronizada para um indicador entre 0 e 10. Entre 2015 e 2017, Minas Gerais apresentou aumento deste componente em todas as etapas de ensino.

Nota Média Padronizada (N)
Minas Gerais - 2005-2017

Fonte: MEC/Inep
Nos anos inicias do ensino fundamental, o índice de aprovação (P) é elevado em todas as redes de ensino. Porém, nos anos finais do fundamental e no ensino médio, a rede privada apresenta índices de rendimento maior que 4na rede pública. No caso da nota média padronizada (N), a rede privada apresenta médias maiores que a rede pública em todas as etapas de ensino.

Indicador de Rendimento (P) e Nota Média Padronizada (N) por redes de ensino
Minas Gerais - 2017

Fonte: MEC/Inep

Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb)

O Saeb é uma avaliação externa em larga escala aplicada a cada dois anos pelo Inep que avalia os alunos em Língua Portuguesa e Matemática no 5º e 9º anos do ensino fundamental e no 3º ano do ensino médio. Seus resultados auxiliam na elaboração e monitoramento das políticas educacionais e são utilizados no cálculo do Ideb. Entre 2015 e 2017, tanto em Língua Portuguesa quanto em Matemática, Minas Gerais apresentou aumento das proficiências médias em todos os anos escolares avaliados.

Proficiência média em Língua Portuguesa e Matemática por redes de ensino
Minas Gerais - 2015-2017

Fonte: MEC/Inep
Quando se analisa os resultados do Saeb por localização rural/urbano, observa-se que os estudantes de áreas rurais, possuem proficiência média menor que os de área urbana, em todas as disciplinas e etapas de ensino.

Proficiência média em Língua Portuguesa e Matemática por localização rural/urbano
Minas Gerais - 2015-2017

Fonte: MEC/Inep
Os resultados do Saeb são agrupados em níveis de escalas de proficiência. Cada nível agrupa um conjunto de habilidades que são organizadas de modo crescente em escalas de proficiência de Língua Portuguesa e de Matemática para cada uma das etapas avaliadas. No 3º ano do ensino médio, há uma maior porcentagem de alunos nos níveis mais baixos da escala de proficiência, tanto em Língua Portuguesa quanto em matemática, ou seja, com maior insuficiência de aprendizado.

Distribuíção dos estudantes nos níveis de ensino da escala de proficiência
Minas Gerais - 2015-2017

Fonte: MEC/Inep

Quem Somos

Conheça a equipe e os gestores que viabilizaram a criação deste relatório

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO

Roberto do Nascimento Rodrigues

Presidente

Daniel Lisbeni Marra Fonseca

Vice-presidente

Diretoria de Estatística e Informações (DIREI)

Júnia Santa Rosa

Diretora

Unidade Responsável

Diretoria de Estatística e Informações (DIREI)

Júnia Santa Rosa

Diretora

Coordenação do FJP Dados

Caio César Soares Gonçalves

Coordenação de Estatísticas Sociais

Juliana Lucena Ruas Riani

Equipe Técnica

Juliana Lucena Ruas Riani

Coordenação

Helena Teixeira Magalhaes Soares

Nícia Raies Moreira de Souza

Renato Vale Santos

Assessoria de Tecnologia da Informação

Rodrigo Diniz Rosa

Gestor do Projeto Tecnológico

João Luiz Grigoletti

Renata Graciela Moreira Cardoso

Thiago Araujo Simões

Desenvolvedores

Fale Conosco

Entre em contato pelo e-mail cei@fjp.mg.com.br ou se preferir preencha o formulário abaixo:


Fundação João Pinheiro - Alameda das Acácias, 70 - São Luiz - Belo Horizonte - MG - 30.111-111 - Telefone: (31)3448-9719 - As informações acima são de prorpiedade de seus criadores. Os mesmos devem ser notificados para uso dos dados.